Especial: Não seja enganado com softwares gratuitos

Compartilhe:

Você sabe exatamente o que está sendo instalando em seu computador quando baixa algum aplicativo gratuito? Você utiliza instaladores personalizados de portais de downloads, como o Baixaki, Superdownloads, Softonic, etc?

Saiba que, muitas vezes, não é o que parece.

Uma prática comum na maioria dos grandes portais de download que existem na internet é “empurrar” junto com aquilo que você deseja, alguns aplicativos adicionais que são instalados no equipamento e que servem apenas para atrapalhar a vida do usuário.

Algumas vezes não é muito fácil de identificar que a instalação que você está realizando vem com alguns “presentes” indesejados: Adwares/Spywares responsáveis, em alguns casos, por monitorar sua navegação e oferecer propagandas direcionadas sem que você tenha solicitado o serviço.

Acontece que a maioria dos antivírus não consideram estes programas como maliciosos e passam despercebidos pelas ferramentas de proteção.

Veja um exemplo prático:

Digitei no Google por um bom software antimalware para instalar em um computador: o Malwarebytes.
Um dos primeiros resultados me direciona para um portal de downloads bem conhecido, e escolho baixar o programa por ele, aceitando a sugestão de utilizar o “instalador automático“. Ao concluir o download, recebo a tela:

1

Clico para aceitar o contrato de licença e na tela seguinte a grande jogada:

2

A opção selecionada como “Padrão – (Recomendado)”, diz que ao clicar em “Próximo” eu concordo com instalar uma ferramenta chamada Iminent, e que esta será definida como página inicial do meu navegador de internet para obter “as melhores sugestões de compra” através de uma barra de tarefas. Pois é… Mas eu NÃO pedi para baixar isso, eu só queria o antimalware. Acontece que a maioria das pessoas clicam no botão “Próximo” sem dar atenção ao que está sendo oferecido. E não é só isso, na janela seguinte há mais “ofertas recomendadas“:

4

Pronto! Se eu não ler e não mudar o que estou instalando, ao concluir eu permiti que em meu computador existam dois aplicativos adicionais daqueles que eu precisei, sendo estes completamente desnecessários e só atrapalham minha navegação deixando meu PC mais devagar.

5

Agora a parte interessante, ao concluir o download e a instalação do Malwarebytes que será responsável por fazer uma faxina em busca de softwares maliciosos no meu equipamento ele encontrará justamente estes que vieram com o instalador do portal de downloads, conforme mostrado abaixo:

76

O software informa que foram encontrados 35 objetos indesejados, que provavelmente foram instalados sem o consentimento real.

8

E qual a solução?

Existem algumas formas de fugir desta enrascada, e listo algumas delas abaixo:

1. Dê preferência por efetuar o download direto do site do fabricante do software:

Se eu preciso do Malwarebytes e digito no Google, aparecem as primeiras opções de sites:

 

https://www.malwarebytes.org/Fabricante do software

http://www.baixaki.com.br/download/malwarebytes-anti-malware.htmBaixaki

http://malwarebytes-anti-malware.softonic.com.br/Softonic

Então eu escolherei o fabricante que disponibilizará apenas o que estou pedindo e sem surpresas.

 

2. A maioria destes mesmos portais oferecem a possibilidade de baixar os aplicativos sem o instalador personalizado, mas a opção não fica de forma clara e precisamos ter atenção ao clicar no botão de download:

9

10

Sempre dê prioridade para não usar o instalador, clicando no link que aparece abaixo do botão de Download.

3. E, quando não houver outro jeito e você baixar com estes instaladores, tenha atenção em cada janela que aparece durante a instalação, escolhendo sempre as opções personalizadas (fora do padrão) para que você saiba exatamente o que, e aonde, cada coisa está sendo instalada.

3

Desmarque e não aceite contratos de licença de instalação quando compreender que isso irá instalar além que você pediu.

 

Em resumo:
O principal comportamento daqueles que desejam estar livres das pragas virtuais é a atenção com o que está sendo instalado em seu computador!

Um detalhe importante: Alguns fabricantes de softwares também oferecem aplicativos adicionais em seus instaladores, como é o caso do Java que pede para que seja instalado a barra de ferramentas Ask. Por isso não saia clicando em “Avançar” durante o processo de setup sem ler o que está sendo feito. #ficaadica.

Até a próxima.

Compartilhe:

Comentários no Facebook