Todos os posts de Daniel Telles

Especial: Não seja enganado com softwares gratuitos

Compartilhe:

Você sabe exatamente o que está sendo instalando em seu computador quando baixa algum aplicativo gratuito? Você utiliza instaladores personalizados de portais de downloads, como o Baixaki, Superdownloads, Softonic, etc?

Saiba que, muitas vezes, não é o que parece.

Uma prática comum na maioria dos grandes portais de download que existem na internet é “empurrar” junto com aquilo que você deseja, alguns aplicativos adicionais que são instalados no equipamento e que servem apenas para atrapalhar a vida do usuário.

Algumas vezes não é muito fácil de identificar que a instalação que você está realizando vem com alguns “presentes” indesejados: Adwares/Spywares responsáveis, em alguns casos, por monitorar sua navegação e oferecer propagandas direcionadas sem que você tenha solicitado o serviço.

Acontece que a maioria dos antivírus não consideram estes programas como maliciosos e passam despercebidos pelas ferramentas de proteção.

Veja um exemplo prático:

Digitei no Google por um bom software antimalware para instalar em um computador: o Malwarebytes.
Um dos primeiros resultados me direciona para um portal de downloads bem conhecido, e escolho baixar o programa por ele, aceitando a sugestão de utilizar o “instalador automático“. Ao concluir o download, recebo a tela:

1

Clico para aceitar o contrato de licença e na tela seguinte a grande jogada:

2

A opção selecionada como “Padrão – (Recomendado)”, diz que ao clicar em “Próximo” eu concordo com instalar uma ferramenta chamada Iminent, e que esta será definida como página inicial do meu navegador de internet para obter “as melhores sugestões de compra” através de uma barra de tarefas. Pois é… Mas eu NÃO pedi para baixar isso, eu só queria o antimalware. Acontece que a maioria das pessoas clicam no botão “Próximo” sem dar atenção ao que está sendo oferecido. E não é só isso, na janela seguinte há mais “ofertas recomendadas“:

4

Pronto! Se eu não ler e não mudar o que estou instalando, ao concluir eu permiti que em meu computador existam dois aplicativos adicionais daqueles que eu precisei, sendo estes completamente desnecessários e só atrapalham minha navegação deixando meu PC mais devagar.

5

Agora a parte interessante, ao concluir o download e a instalação do Malwarebytes que será responsável por fazer uma faxina em busca de softwares maliciosos no meu equipamento ele encontrará justamente estes que vieram com o instalador do portal de downloads, conforme mostrado abaixo:

76

O software informa que foram encontrados 35 objetos indesejados, que provavelmente foram instalados sem o consentimento real.

8

E qual a solução?

Existem algumas formas de fugir desta enrascada, e listo algumas delas abaixo:

1. Dê preferência por efetuar o download direto do site do fabricante do software:

Se eu preciso do Malwarebytes e digito no Google, aparecem as primeiras opções de sites:

 

https://www.malwarebytes.org/Fabricante do software

http://www.baixaki.com.br/download/malwarebytes-anti-malware.htmBaixaki

http://malwarebytes-anti-malware.softonic.com.br/Softonic

Então eu escolherei o fabricante que disponibilizará apenas o que estou pedindo e sem surpresas.

 

2. A maioria destes mesmos portais oferecem a possibilidade de baixar os aplicativos sem o instalador personalizado, mas a opção não fica de forma clara e precisamos ter atenção ao clicar no botão de download:

9

10

Sempre dê prioridade para não usar o instalador, clicando no link que aparece abaixo do botão de Download.

3. E, quando não houver outro jeito e você baixar com estes instaladores, tenha atenção em cada janela que aparece durante a instalação, escolhendo sempre as opções personalizadas (fora do padrão) para que você saiba exatamente o que, e aonde, cada coisa está sendo instalada.

3

Desmarque e não aceite contratos de licença de instalação quando compreender que isso irá instalar além que você pediu.

 

Em resumo:
O principal comportamento daqueles que desejam estar livres das pragas virtuais é a atenção com o que está sendo instalado em seu computador!

Um detalhe importante: Alguns fabricantes de softwares também oferecem aplicativos adicionais em seus instaladores, como é o caso do Java que pede para que seja instalado a barra de ferramentas Ask. Por isso não saia clicando em “Avançar” durante o processo de setup sem ler o que está sendo feito. #ficaadica.

Até a próxima.

Compartilhe:

A fraude com boletos de domínios

Compartilhe:

De vez em quando alguém entra em contato comigo perguntando se determinada cobrança de boleto para manutenção do domínio da empresa deve ser pago.

Ocorre que existem algumas empresas que faturam alto enviando para diversas companhias boletos como este:

boleto fraude

Tratam-se de espertos querendo lucrar com a desinformação alheia.

A principal dica é examinar o conteúdo do documento e dar atenção à frase:

“PAGAMENTO ÚNICO ANUAL OPTATIVO/FACULTATIVO

Se é facultativo, por que devo pagar? E não deve mesmo!

Normalmente, as únicas cobranças que você deve receber em nome do seu domínio de internet vem da empresa de hospedagem (que você deve saber qual contratou) e da renovação do registro do domínio pelo Registro.br que o valor, em média, é de R$ 30,00 por ano.

 

Veja a matéria do próprio Registro.br falando da fraude aqui.

Fique atento e em casos de dúvidas fale com o seu gerente de T.I.

Compartilhe:

Virtual Router Manager (seu computador um roteador Wifi)

Compartilhe:

Já pensou em seu computador/notebook ser um roteador Wifi?

Agora com este aplicativo ele pode trabalhar como repetidor de sinal e possibilitar que dispositivos se conectem na internet através da sua máquina.

Conheça o Virtual Router (https://virtualrouter.codeplex.com/).

Simples de instalar e configurar. Vale a pena!

Outras opções:

HundredX Virtual Router

Wifi HotSpot

 

Compartilhe:
internet explorer parou de funcionar

Falha no Internet Explorer

Compartilhe:

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira uma falha grave no Internet Explorer que permite que hackers utilizem códigos maliciosos e assumam o controle do computador para roubo de informações e/ou instalação de softwares de forma indevida.

Veja o alerta da Microsoft aqui.

“Um invasor que explorar com êxito essa vulnerabilidade poderá obter os mesmos direitos que o usuário atual. Os usuários cujas contas são configuradas com poucos direitos de usuário no sistema correm menos riscos do que aqueles que operam com direitos administrativos”.

 

A solução? Usar outro navegador!

Está certo, eu sei que existem configurações no IE 10 e IE 11 que melhoram a segurança, mas não vou ficar aqui explicando não. Aproveite e aprenda a usar um navegador de verdade! Baixe o Firefox ou Google Chrome e seja feliz!

Até o momento não foi divulgada atualização do IE para correção da falha.

Até a próxima.

Compartilhe:

Atalhos do teclado (Windows 8/8.1)

Compartilhe:

Este post serve apenas para redirecionar para a página da Microsoft aonde constam as teclas de atalho do Windows 8/8.1 para sofrermos menos com o mouse e com a aparência tão diferente desta versão do sistema operacional.

Todas estas dicas vocês encontram na página:

http://windows.microsoft.com/pt-br/windows/keyboard-shortcuts#keyboard-shortcuts=windows-8

As que eu considero como principais e as que mais utilizo:

  • Abrir o Windows Explorer (tecla_windows+E)
  • Comando Executar (tecla_windows+R)
  • Minimizar Janelas (tecla_windows+M)
  • Fechar Programas (Alt+F4).

Importante:
Estas dicas também funcionam para versões anteriores do Windows.

Deixe seu comentário e até a próxima.

Compartilhe:

Exibir perfil de Wifi no Windows 8

Compartilhe:

Com o Windows 8 mudou bem a forma de gerenciar as redes sem fio que temos em nossos computadores.

Agora, precisamos usar o Prompt de Comando para visualizar, excluir, editar, etc estas redes.

Veja abaixo alguns destes comando:

Pressione a tecla do Windows tecla_windows+ R, digite CMD e pressine ENTER.

No Prompt, digite alguns destes comando:

Tarefa
Instruções

Excluir um perfil

No prompt de comando, digite:

netsh wlan delete profile name=”ProfileName”

Mostrar todos os perfis sem fio no computador

No prompt de comando, digite:

netsh wlan show profiles

Mostrar uma chave de segurança

No prompt de comando, digite:

netsh wlan show profile name=“ProfileName” key=clear

Mover uma rede para cima na lista de prioridades

A conexão a uma rede nova e a escolha de Conectar automaticamente a colocará no topo da lista.

Parar de se conectar automaticamente a uma rede dentro da área de alcance

Toque ou clique na rede na lista de redes e clique emDesconectar.

Parar de se conectar automaticamente a uma rede fora da área de alcance

No prompt de comando, digite:

netsh wlan set profileparameter name=”ProfileName” connectionmode=manual

Agora, você que não gosta desta forma e prefere uma janela para fazer esta administração, então a dica é baixar e instalar este aplicativo:

Wifi Profile Manager Windows 8

 

Fonte:

http://windows.microsoft.com/pt-br/windows-8/manage-wireless-network-profiles

 

Compartilhe:
manutenção preventiva

Caixa de Ferramentas de T.I. (#1)

Compartilhe:

Olá!

Quem trabalha com manutenção sabe que existem alguns programas indispensáveis no dia-a-dia. Esta série lista alguns bem úteis, e o melhor, grátis.

Vamos lá:

  • slimdriversDificuldades para encontrar os drivers para aquele sistema recém instalado? Baixe agora o Slim Drivers e conte com o auxílio de uma busca automática pela versão atualizada daquele dispositivo direto do site do fabricante. Boa né?

ISOTOUSB

  • Tem aquele arquivo de imagem no formato ISO e não tem DVD para gravar? Extraia o conteúdo para um Pendrive com esta ferramenta que pode até ser usada para criar DVDs de instalação de sistemas operacionais: ISO to USB.

HWiNFO

  • Não tem ideia qual a configuração do seu computador? Qual pente de memória comprar se não sabe nem o que está instalado? Faça um inventário do PC com esta excelente ferramenta: HWiNFO. Com versões de 32 e 64bits.

Em breve outros que eu utilizo na hora que a coisa aperta!

Abraços.

Compartilhe:

Vírus no Pendrive ou HD Externo (arquivos ocultos)

Compartilhe:

Quem já teve o computador infectado por vírus sabe a dor de cabeça que é. Assim, segue abaixo um pequeno procedimento para remover arquivos infectados quando o antivírus não está nem aí para o problema:

Alguns vírus infectam Pendrives e HD externos, criando um arquivo chamado autorun.inf. Este arquivo indica o que o Windows deve fazer ao conectar o Pendrive/HD, e quando existe um código malicioso neste arquivo ele pode solicitar que o Windows execute scripts infectando o sistema assim que o dispositivo for conectado.

Além disso, as pastas do seus dispositivo externo podem aparecer ocultas, e com atalhos que apontam para o executável do vírus, complicando ainda mais a vida do usuário.

Para resolver este caso, siga os passos:

  1. Pressione e segure a tecla Shift e conecte o Pendrive ou HD externo. Aguarde alguns segundos até o computador reconhecer o dispositivo com a tecla Shift pressionada. Isso fará com que o Windows ignore a execução do autorun.inf
  2. Localize no Menu Iniciar o Prompt de Comando, clique com o botão direito do mouse e selecione Executar como Administrador.
  3. Ao abrir o Prompt, digite o comando abaixo:
  • attrib /s /d G:\*.* -r -s -h -a
  • Aonde G é a letra da unidade do seu dispositivo externo:

attrib

Após este comando, todos os arquivos do seu dispositivo externo não estarão mais ocultos. Agora apague as pastas que podem conter arquivos com o vírus e, principalmente, apague o arquivo autorun.inf na raíz do dispositivo.

Se nada disso funcionar, a saída é a formatação da unidade externa.

 

Compartilhe:

Windows 8 – Dicas de utilização (Menu Iniciar)

Compartilhe:

O Windows 8 está aí e vem agradando muitos e desagradando alguns.

Este é o primeiro de uma série de posts com dicas de utlização deste novo sistema operacional da Microsoft.

Passo a seguir minhas primeiras impressões e algumas dicas para facilitar o uso de quem estava tão acostumado com o Menu Iniciar clássico.

  • Cade o Menu Iniciar?

Agora o Menu Iniciar foi substituído pela tela inicial, semelhante a esta:

windows8_iniciar

 

Nesta tela você pode adicionar os aplicativos de uso constante reorganizando-os por categorias e blocos.

Veja abaixo algumas dicas de utilização:

  • Criando grupos de aplicativos:
    Pressionando a tecla “Control” junto com a tecla “-” deve reduzir o tamanho do Iniciar. Feito isso, clique com o botão direito do mouse em cima do bloco que deseja renomear, deixando-os organizado por categorias, como mostrado acima.
  • Reorganizando ícones:
    Ao clicar e segurar o botão do mouse, pode-se arrastar o ícone do aplicativo para qualquer área do iniciar, mantendo sua tela inicial mais organizada:

windows8_organizaricones

  • Removendo ícones do Iniciar:
    Não são todos os ícones que desejamos que estejam no Iniciar, e para remove-los clique com o botão direito em cima deste ícone e escolha a opção “Desafixar da Tela Inicial”:

windows8_removericone

 

  • Mas cade todos os aplicativos?
    A tela inicial pode ser acessada de qualquer lugar pressionando a tecla do Windows do seu teclado: tecla_windows
    Para acessar todos os aplicativos, clique com o botão direito da tela inicial em local aonde não tem nenhum ícone e escolha a opção “Todos os aplicativos”:

windows8_todosaplicativos

  • E a facilidade?
    Com o Windows 8, a ideia é facilitar a vida de quem precisa encontrar alguma informação em meio a tantos arquivos/programas que temos hoje em nossos equipamentos.
    Por tanto, para que possamos localizar o que precisamos, nesta mesma tela inicial basta digitarmos o que procuramos e uma série de opções é apresentada, podendo escolher entre Aplicativos, Configurações, Arquivos e outros:

windows8_pesquisar

 

  • Até aqui tudo bem, mas eu gosto de ter meus ícones igual ao Windows 7.
    Não tem problemas.
    A Microsoft manteve a Área de Trabalho antiga, onde podemos colocar nossos ícones dos programas e arquivos de uso comum. Para visualiza-la basta pressionar a tecla do Windows (tecla_windows) ou clicar em Área de Trabalho:

windows8_areadetrabalho

Nesta tela você pode também acrescentar seus ícones na Área de Trabalho ou Barra de Tarefas do mesmo modo como era feito em versões anteriores do sistema.

  • Opções por todos os lados.
    Ao colocarmos o mouse nos cantos da tela opções são mostradas, como os programas abertos, configurações do sistema e até para desligar o computador:

windows8_desligarcomputador

Minha opinião: Eu gostei do sistema. Para quem tem dificuldades em aceitar mudanças deve detestar criticar um pouco no início, mas depois que acostumar não sentirá falta do Windows 7.

 

Até a próximo artigo com dicas do Windows 8.

 

Compartilhe:

Como limpar a tela do seu notebook

Compartilhe:

Quando trabalhava em um grande fabricante de computadores eu aprendi algumas dicas de como limpar a tela do notebook, pois o procedimento padrão era entregar o equipamento consertado e limpo.

Então, seguem algumas destas práticas que podem auxiliar na preservação da qualidade do cristal liquido do seu aparelho.

  • Não use produto químico:
    • Qualquer produto químico pode até limpar a tela, mas com o tempo aparecerão manchas e pode danificar a peça.
  • Água é o ideal:
    • Água, e nada mais! Quando for limpar a tela do seu notebook utilize um pano macio levemente umedecido com água.
    • Aplique a água no pano e nunca diretamente na tela.
    • Não encharque o pano para não escorrer água para dentro do gabinete do notebook.
  • Evite papel:
    • O papel pode soltar a fibra e, em alguns casos, pode arranhar a tela.
    • Quando molhado ele se espalha e dá trabalho para retirar os pedaço de papel do gabinete do LCD.
  • Faça movimentos uniformes:
    • Eu costumo executar movimentos retos ao longo do LCD, de cima para baixo, com o pano umedecido e depois com a parte seca do pano. Sempre tive bons resultados assim.

Lembre-se de efetuar a limpeza sempre com o equipamento desligado.
Sigo o mesmo procedimento para limpar iPhone, iPad, e afins.

Sei que existem alguns produtos que se dizem próprios para o trabalho, mas sou conservador e a água sai mais em conta.

Conhece outras formas que funcionam? Deixe seu comentário.

Compartilhe: